Mau comportamento de coleguinhas já cria ‘protótipos’ de jabazeiros no berço

Parabéns, vocês conseguiram. Ao comemorar abertamente algo que deveria ser motivo de vergonha, os jornalistas que adoram ganhar “mimos” das assessorias de imprensa conseguem estimular coleguinhas a saírem da universidade já com a ética manchada. Pior: de novo, a galerinha da tecnologia. Hienas que disputam iPods e telefoninhos da moda, coisa banal, que qualquer jornalista poderia comprar. Mas de graça é mais gostoso, parece.

Nojo. Começou bem na profissão, garoto.

Anúncios

7 Responses to Mau comportamento de coleguinhas já cria ‘protótipos’ de jabazeiros no berço

  1. GUS disse:

    Preciso dizer que trabalhando como jornalista de games o que mais me irrita é ver essa mulecada desinformada que acha que o trabalho de quem cobre a indústria de games e/ou tecnologia é ganhar brinquedinhos. Que valor teria o trabalho se fosse isso? E o quão disrespeitoso é assumir que o nosso trabalho é este.

  2. antijabacule disse:

    Caro Gus, parabéns por sua consciência. Espalhe a palavra e ajude sua geração a progredir.

  3. bossa nova disse:

    olha o que o dono da SUA editora faz. da coluna monica bergamo, de hoje – 15 de agosto.

    “Poucos e insistentes fãs conseguiram comprar seus ingressos. “Eu pedi a duas secretárias que ficassem penduradas ao telefone e na internet para comprar as entradas. Depois de três horas, desisti. Liguei para o Itaú e pedi: “Me dá dois convites?”. E eles me deram”, dizia o empresário Roberto Civita, da Editora Abril.”

    cospe pra cima. uma hora cai na sua testa.

  4. Renato disse:

    Mas este blog já morreu? Tão cedo! Era tão divertido!

  5. Bruno Ferrari disse:

    Argumento fraco…

    Algo parecido quando ouvi o filho de uma amiga dizer que queria ser o Capitão Nascimento para poder matar bandido adoidado.

    Adolescente sempre quer ser malandro. E isso não é uma peculiaridade dos adolescentes que pensam em fazer jornalismo. É só pisar numa redação que ele verá uma realidade bem diferente.

  6. antijabacule disse:

    bossa nova, não defendo empresas, defendo uma ética profissional. Obrigado por postar o exemplo do empresário. É esse o tipo de atitude que o público tem o direito de conhecer.

  7. Desde quando 90% é certeza? Só pra rir…

    []’s
    Compulsivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: